quinta-feira, 29 de maio de 2008

Banho de Anil!


Não acredito (muito) em simpatias, bruxas, mandingas, duendes...
Mas a vida tem me feito para pra pensar; então, melhor não arriscar, ao menos neste caso.
Andam querendo o meu lugar. Então, que escorra o anil pelo corpo. Que leve o anil todo o mal que me desejam, todo o fel que me atiram, todo o gosto amargo desses “anseios”.
As bruxas, nem sempre voam pelos céus a bordo de vassouras gigantes...às vezes, elas surgem atrás da fisionomia mais “doce”, dos braços que se abrem para “acolher”, das palavras de “carinho”. Apesar da suave armadura – CUIDADO – há cobiça aí!
Mas ainda bem que tenho duendes que me cuidam, que me sondam, que me abrem os olhos.
E para você “Dona Bruxa”, todo o meu anil...
Pros meus duendes, o mais puro mel!

Rafaela Campanati.

Um comentário:

André disse...

Que privilégio...o meu será o primeiro comentário?..rs
Então, gostei do que li.
Estou procurando informações a respeito desse tal de banho azul e te achei.
Valeu e aproveito pra dizer que és bem simpatica, pelo menos pela foto.
BJS, André.